Olá pessoal,
Hoje vamos dar uma dica sobre uma campanha que o a MOVIMENTO BRASIL SEM BULLYING coordenado pela Profa. Dra. CLEO FANTE, a Editora Chiado, o Portal AcidadeON e a ativista Lucia Helena Diniz Santiago apoia, o FACA AMIZADES, BULLYING NAO, idealizado pela escritora Elisandra Pauleli, com o objetivo de combater formas de violência, como o BULLYING
O ¨Faça Amizades, Bullying Não” se propõe a disponibilizar gratuitamente informações sobre o tema, e divulgar o maior número possível documentos, textos, indicar livros, músicas, filmes, e materiais de qualidade relacionados ao bullying virtualmente. Elisandra Pauleli, acredita que a informação é a melhor forma de evitar este tipo de violência. Neste momento o projeto tem parceria com a CONGENUS da CDHOB Comissão de Direitos Humanos de Rio Claro SP, em que são disponibilizados fóruns de debates com objetivo de formas cidadãos conscientes do perigo do bullying na sociedade, pois o bullying, cria e estimula a delinquência e induz a outras formas de violência explícita.
Com o Jornal Cidade de Rio Claro – SP, no caderno infantil Cidadinha, em que é publicado pela autora Elisandra Pauleli, as dicas do Betinho, O Porquinho e sua turma ao publico infantil mensalmente., que originou do livro infantil Betinho, O Porquinho Cenógrafo,
Com a Consultoria de Psicologia Educacional, coordenado pela Profa.Dra. Ana Maria Belem de Freitas Betetto,.e a ativista Lucia Helena Diniz Santiago

1. O que é bullying?
Bullying é uma situação que se caracteriza por agressões intencionais, verbais ou físicas, feitas de maneira repetitiva, por um ou mais alunos contra um ou mais colegas. O termo bullying tem origem na palavra inglesa bully, que significa valentão, brigão. Mesmo sem uma denominação em português, é entendido como ameaça, tirania, opressão, intimidação, humilhação e maltrato.

É uma das formas de violência que mais cresce no mundo”, afirma Cléo Fante, educadora e autora do livro Fenômeno Bullying: Como Prevenir a Violência nas Escolas e Educar para a Paz (224 págs., Ed. Verus, tel. (19) 4009-6868 ). Segundo a especialista, o bullying pode ocorrer em qualquer contexto social, como escolas, universidades, famílias, vizinhança e locais de trabalho. O que, à primeira vista, pode parecer um simples apelido inofensivo pode afetar emocional e fisicamente o alvo da ofensa.
Além de um possível isolamento ou queda do rendimento escolar, crianças e adolescentes que passam por humilhações racistas, difamatórias ou separatistas podesm apresentar doenças psicossomáticas e sofrer de algum tipo de trauma que influencie traços da personalidade. Em alguns casos extremos, o bullying chega a afetar o estado emocional do jovem de tal maneira que ele opte por soluções trágicas, como o suicídio.
Mais informações sobre a campanha e sobre como participar na fan page: ( FACEBOOK )
Faça Amizades, Bullying Não

Para quem quiser se informar sobre bullying, a Editora Chiado, indica o livro infantil:
Betinho, O Porquinho Cenografo
Autora: Elisandra Pauleli

 INFORMAÇÕES

CAMPANHA FACA AMIZADES, BULLYING NÃO
O “Faça Amizades, Bullying Não”, convida você a fazer parte do nosso time, de amigos, colocando a logomarca da nossa campanha, no perfil de suas redes sociais (Facebook, Instagran e Whatsapp), para incentivar um ambiente de colaboração e de paz através da amizade.
Obrigada!
Contamos com sua amizade!

Elisamdra Pauleli
ONG FABIN
Faça Amizades, Bulying Nao.
Betinho, O Porquinho Cenógrafo
www.betinhooporquinhocenografo.com.br

Os interessados em participar podem acessar a página do facebook: Betinho, O Porquinho Cenógrafo @betinhooporquinhocenografo ou Projeto Faça Amizades, Bullying Não.

Entre em contato através do Email: contato@betinhooporquinhocenografo.com.br